Sakurajima é fogo

   

O Japão é cheio de montanhas e muitas delas são vulcões. Talvez a mais famosa delas seja o Monte Fuji, que é um dos cartões postais do país e que recentemente "virou" patrimônio da humanidade. Só esse título fez aumentar em algumas centenas a quantidade de pessoas dispostas a escalar a montanha, o que é permitido somente por algumas semanas no período de verão.

Mas quem deu as caras este mês foi o monte Sakurajima, que entrou em erupção jogando enorme quantidade de cinzas na cidade de Kagoshima, que pertence à província do mesmo nome.

Kagoshima fica em Kyuushu, ao sul do Japão e é conhecido por suas belezas naturais. A erupção aconteceu às sete e meia da manhã causando muito transtorno na cidade. É que ninguém esperava tanta fuligem mesmo sabendo já foram 500 erupções somente esse ano. Sempre após esses contratempos naturais, me pego pensando em retornar ao Brasil porque não tenho idéia de como agiria num caso em que ficasse somente com a roupa do corpo. Minha preocupação principal é a minha família e principalmente meus filhos que estão começando a vida e acho que ainda tem muito a contribuir para a humanidade.

Depois de alguns minutos, voltando à realidade, acabo continuando por aqui simplesmente porque chego à conclusão (sempre chego) de que ninguém morre na véspera e que não existe local totalmente seguro, mesmo para quem amamos. O jeito é viver bem diariamente, trabalhar, ser otimista e acreditar no seu anjo da guarda.

Sakurajima me deu, mais uma vez, a certeza de que estamos aqui para o que der e vier.

Explosão

A cidade escurecida