LEC mantém treinos remotos, apesar da liberação de treinamentos presenciais

   

O Londrina não pretende voltar tão cedo aos treinamentos presenciais. A decisão do Alviceleste em retomar as atividades no CT da SM Sports só deve acontecer após a definição do calendário do restante da temporada.

"Não vou colocar em risco os profissionais para daqui a pouco jogar apenas duas partidas no Paranaense. Vamos definir a volta aos treinos apenas quando tiver a definição do calendário do Campeonato Brasileiro", afirmou o gestor Sérgio Malucelli.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

A Secretaria de Estado da Saúde autorizou nesta segunda-feira (25) o retorno dos treinos presenciais no Paraná, desde que sejam seguidos protocolos de segurança e higienização. A autorização veio após um pedido da Federação Paranaense. O Coritiba retomou as atividades em campo nesta segunda e é, por enquanto, o único time do Estado a voltar aos treinos.

A liberação é para os oitos clubes que estão classificados para a segunda fase do Paranaense, para os times do Estados com vagas em competições nacionais, sejam masculinos ou femininos.

O LEC segue com os treinos on-line e com todos os jogadores e profissionais em casa. "Nós temos uma dificuldade muito grande que é a questão de 80% dos nossos jogadores morarem no CT. O CT não pode ter todas as instalações reabertas, como a cozinha e o restaurante, por exemplo. Como vamos fazer?", questionou Malucelli.

"Outro detalhe. Para viajarmos para Curitiba para enfrentar o Athletico temos que ir em dois ônibus, em razão do distanciamento. No hotel, cada jogador tem que ficar sozinho no quarto. É um prejuízo enorme para terminar o Paranaense", apontou.

A FPF entende que 20 dias de treinos são suficientes para os clubes se prepararem para a fase final do Paranaense e, por isso, estuda a volta do Estadual para a segunda quinzena de junho. No entanto, a autorização da Secretaria Estadual é apenas para treinos em pequenos grupos e distanciamento entre os atletas. Jogos, sejam amistosos ou oficiais, não estão liberados ainda.