O segundo, o minuto e a hora - Poema de Isabel Furini

   

Era um dia muito chuvoso.

Primeiro chegou o Segundo,

depois chegou o Minuto.

O segundo disse, animado:

- Eu quero ser o maior.

E, de repente, o tempo

ficou parado.

-O que você quer?

Perguntou o Minuto irritado.

- Eu quero ganhar mais tempo

da medida de tempo.

- Eu só tenho 60 segundos.

Segundo, nada posso fazer,

mas fale com a Hora,

ela está composta de 60 minutos

que são 3.600 segundos.

A Hora chegou e explicou:

- Sinto muito, Segundo,

Eu não posso beneficiar ninguém.

Todos os segundos são iguais

e devem ter a mesma duração.

Segundo, entenda o caso:

- Você e seus irmãos

devem andar ao mesmo passo.

E o Segundo se resignou.

Ele pegou a mão de seus irmãos

e todos juntos foram andando

e o tempo continuou.

Isabel Furini