O Tubarão Martelo

   

O Tubarão martelo: uma história de amor

O Tubarão Martelo acordava cedo

E começava o dia fazendo polichinelo .

O Tubarão Martelo era um bicho comilão,

Ele gostava de comer presunto com melão.

Se ele fugia da aula de violoncelo

O seu pai o ameaçava com um chinelo.

Coitadinho do Tubarão, ele se lamentava

pois não tinha aptidão para tocar violoncelo.

O pobre Tubarão-martelo se consolava

assistindo televisão e comendo marmelo.

A sua mãe muito preocupada, falava:

- Tubarão martelo você está muito magrelo.

Mas esse Tubarão Martelo era um sonhador,

Ele parecia morar em um mundo paralelo.

O Tubarão queria encontrar uma namorada.

Ele conheceu uma Tubarão fêmea alegre e boemia.

O casal foi dançar no fundo do mar.

Dançaram, dançaram... e es apaixonaram.

E essa é a história de amor do Tubarão Martelo,

Um jovem que não gostava de tocar violoncelo.

Isabel Furini

Ilustração de Vanice Zimerman