48 HORAS

   

O comediante Eddie tinha apenas 19 anos quando estreou na TV, em 1980, no popular programa Saturday Night Live, onde se destacou. Dois anos depois foi a vez da estreia no cinema, na comédia de ação 48 Horas, dirigida por Walter Hill, que também escreveu o roteiro junto com Roger Spottiswoode, Larry Gross e Steven E. de Souza. A ação se passa em São Francisco no intervalo de tempo do título e gira em torno do policial Jack Cates (Nick Nolte). Ele investiga um caso e precisa capturar o criminoso Ganz (James Remar). Para tanto, consegue a liberação por dois dias de Reggie Hammond (Murphy), ex-parceiro de Ganz que está preso. O estilo verborrágico de Murphy, marca registrada de muitos de seus papéis já se faz presente aqui. E Walter Hill, um cineasta versátil e hábil na direção desse tipo de história, tira todo proveito da rabugice de Nolte e da veia cômica de Murphy. O sucesso foi instantâneo e abriu as portas de Hollywood para o jovem ator. Em tempo: oito anos depois o mesmo time se reuniu outra vez para uma continuação, porém, sem o mesmo brilho do original.

48 HORAS (48 Hours - EUA 1982). Direção: Walter Hill. Elenco: Nick Nolte, Eddie Murphy, Annette O’Toole, Frank McRae, James Remar, David Patrick Kelly, Sonny Landham, Brion James, Kerry Sherman, Jonathan Banks e Denise Crosby. Duração: 96 minutos. Distribuição: Paramount.