A PÉ ELE NÃO VAI LONGE

   

Em quase 40 anos de carreira, o cineasta americano Gus Van Sant vem mesclando obras autorais e criativas com outras comerciais e convencionais. A Pé Ele Não Vai Longe, de 2018, se enquadra no primeiro grupo. Com roteiro do próprio diretor, baseado no livro de John Callahan, temos aqui algo próximo de uma cinebiografia. Callahan, interpretado por Joaquin Phoenix, é o que se pode chamar de uma pessoa, para dizer o mínimo, conturbada. Após bater o carro e ficar tetraplégico, ele se revela um cartunista ácido que, apesar das limitações, desenvolve um trabalho incomum e bastante original. A maneira como Van Sant conduz sua narrativa é, antes de tudo, extremamente carinhosa. Sem julgar as ações de suas personagens, o filme se aproxima ao máximo do estilo da figura retratada e encontra em Phoenix o ator perfeito para esse mergulho profundo na vida e obra de Callahan. O elenco de apoio também não fica atrás e responde à altura de seu ator principal. Infelizmente, talvez até por conta de sua corajosa e estranha (no bom sentido) abordagem, o filme não obteve o reconhecimento que merecia.

A PÉ ELE NÃO VAI LONGE (Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot - EUA 2018). Direção: Gus Van Sant. Elenco: Joaquin Phoenix, Jonah Hill, Rooney Mara, Jack Black, Tony Greenhand e Udo Kier. Duração: 114 minutos. Distribuição: Diamond Films/Amazon Prime.