A VASTIDÃO DA NOITE

   

A estreia cinematográfica do roteirista, produtor, diretor e montador americano Andrew Patterson não poderia ser mais arrojada. A Vastidão da Noite, filmado em setembro de 2016, no intervalo de apenas 17 dias, é um deleite para os fãs da ficção-científica produzida por Hollywood nas décadas de 1950 e 1960. Tudo acontece ao longo de poucas horas de uma noite de um certo dia. A ação se passa na pequena cidade fictícia de Cayuga, no Estado do Novo México. Fay (Sierra McCormick) é uma jovem de 16 anos que trabalha como telefonista. Já Everett (Jake McCormick) apresenta um programa na rádio local. Nessa noite em particular eles descobrem uma estranha e desconhecida frequência de áudio e isso leva ambos a algo extraordinário. Patterson revela um domínio narrativo invejável em se tratando de um primeiro trabalho. A alternância harmoniosa entre câmeras paradas e planos-sequência dão leveza e agilidade sempre que se faz necessário e nunca fica cansativo. O roteiro também se destaca pela verborragia sem nunca cair em diálogos expositivos. E as referências são deliciosas. O filme abre como se fosse um episódio de Além da Imaginação. O nome da cidade é o nome da produtora de Rod Serling, criador da série. E as letras da rádio, WOTW, são as iniciais de War of the Worlds, em bom português, Guerra dos Mundos. E existem muitas outras. Cabe a você então procura-las e se deliciar.

A VASTIDÃO DA NOITE (The Vast of Night - EUA 2019). Direção: Andrew Patterson. Elenco: Sierra McCormick, Jake Horowitz, Gail Cronauer, Bruce Davis, Cheyenne Barton, Mallorie Rodak e Mollie Milligan. Duração: 91 minutos. Distribuição: Amazon Prime.