BLAZE, O ESCÂNDALO

   

Segundo longa do roteirista e diretor Ron Shelton, Blaze, O Escândalo conta a história de Earl Long (Paul Newman), governador do Estado de Louisiana que se apaixona pela stripper Blaze Starr (Lolita Davidovich) e com isso põe em risco não apenas sua imagem, mas, principalmente, sua carreira política. O roteiro do próprio Shelton tem por base o livro autobiográfico de Blaze, escrito em parceria com Huey Perry, e pode ser resumido pela frase do cartaz: "Um governador. Uma stripper. Forçado a escolher entre o cargo que ocupava e a mulher que amava, ele escolheu ambos”. A ação se passa nos anos 1950 e essa arrebatadora paixão de Earl, um político progressista, transforma-se em munição preciosa para seus opositores. Paul Newman faz uso de todo seu carisma e Lolita Davidovich, em seu primeiro papel de destaque no cinema, não perde a oportunidade. Ambos esbanjam uma química invejável em cena. Isso torna Blaze um filme muito acima da média comparado com outros similares. Sem contar a fotografia do veterano Haskell Wexler, que deixa tudo mais bonito ainda.

BLAZE, O ESCÂNDALO (Blaze - EUA 1989). Direção: Ron Shelton. Elenco: Paul Newman, Lolita Davidovich, Jerry Hardin, Gailard Sartain, Jeffrey DeMunn, Richard Jenkins, Brandon Smith, Robert Wuhl e James Harper. Duração: 120 minutos. Distribuição: Buena Vista.