DE QUEM É O SUTIÃ?

   

O que faria um diretor alemão ir até o distrito de Shanghai, em Baku, capital do Azerbaijão, rodar um filme com um elenco multinacional? A resposta é simples: uma boa história para contar. E é isso que o cineasta Veit Helmer faz no meigo, singelo e surpreendente De Quem é o Sutiã?. Com roteiro original do próprio Helmer, junto com Leonie Geisinger, é visível a inspiração em Cinderela, só que tendo outra peça do vestuário feminino no lugar do clássico sapatinho de cristal. E também uma fada madrinha, ou melhor, padrinho, na figura do maquinista Nurlan (Pregrag Manojlovic), que na véspera da aposentadoria, no dia de sua última viagem encontra um sutiã azul preso na locomotiva e decide descobrir quem é a dona. Helmer é um diretor que tem como marca registrada em sua filmografia não utilizar diálogos de qualquer espécie. Seu cinema é puro, no sentido em que as imagens e sons conduzem a narrativa. E ele nos leva aqui até um lugar distante do mundo e nos envolve por inteiro neste belo poema visual carregado de graça, sutileza e humanidade.

DE QUEM É O SUTIÃ? (The Bra - Alemanha/Azerbaijão 2018). Direção: Veit Helmer. Elenco: Pregrag Manojlovic, Denis Lavant, Paz Veja, Chulpan Khamatova, Maia Morgenstern, Frankie Wallach e Irmena Chichikova. Duração: 90 minutos. Distribuição: Pandora Filmes.