VERÃO EM RED HOOK

   

De tempos em tempos, Spike Lee visita em seus filmes o bairro do Brooklyn, em Nova York. Especialmente, a região de Red Hook, que ele conhece muito bem. É o caso deste Verão em Red Hook, sexto filme do diretor a se passar no lugar. Com roteiro escrito por ele próprio junto com James McBride, acompanhamos a estada do jovem Flik (Jules Brown) na casa do avô, o bispo Enoch Rouse (Clarke Peters), durante as férias de verão. Flik mora em Atlanta, no Estada da Geórgia, e nunca teve muito contato com o pai de sua mãe. Aquelas semanas se revelam bastante transformadoras em muitos aspectos. Lee sempre se sai bem quando aborda temas ligados ao mundo onde ele cresceu. E não é diferente aqui. A história tem um início que aponta em uma direção, porém, o cineasta termina por levá-la para uma outra bem diferente. O elenco adulto funciona maravilhosamente, onde se destacam o já citado Clarke Peters, e Thomas Jefferson Byrd, que vive o diácono Zee. Quanto às crianças, tanto Flik como Chazz (Toni Lysaith), deixam um pouco a desejar. Em tempo: Spike Lee faz uma ponta reprisando Mookie, o entregador da Sal’s Famous Pizzeria, do filme Faça a Coisa Certa.

VERÃO EM RED HOOK (Red Hook Summer - EUA 2012). Direção: Spike Lee. Elenco: Clarke Peters, Thomas Jefferson Byrd, Jules Brown, Toni Lysaith, De’Adre Aziza, Daniel Breaker, Colman Domingo e Tracy Camilla Johns. Duração: 121 minutos. Distribuição: Image Entertainment.