Fala sério!

   

Lá fui eu assistir o filme Fala sério, mãe!

Já havia lido as críticas (positivas e negativas), visto o trailer e fui com a expectativa de curtir minha filha, rir, comer pipoca...

Só não imaginei chorar.

Como assim?

Pois é, chorei. 😢

O filme é triste?

Não né gente! Sou mãe.

Mas para meu alívio, haviam outras mulheres chorando também. Ufa! Não tô pagando "mico" sozinha, pensei.

Em várias cenas, me vi (fiquei bem quieta 😂). Em outras, lembrei de algumas mães que conheço. Nas demais, eu e minha filha nos identificamos. Rimos juntas e entre trocas de olhares, cutucadas e comentários (sim, somos de falar no meio do filme), percebi alguns pedidos e constatações. Tipo, jura que não vai fazer isso? Kkkk. Ou ainda, igual a gente faz!!!!

Durante o filme, prometi pra mim mesma que não farei determinadas coisas, nem mesmo quando ela estiver apaixonada e beijando na boca. Será? 😬

Conflitos, alegrias e desafios vivenciados por uma mãe e uma filha adolescente ( que fase, né?) abriu uma porta enorme para um diálogo, o tal do "papo reto" como dizem por aí. E foi muito bom e divertido. Experimentem. Pode ser surpreendente!

Beijos