Posso dar uma dica?

   

Já tive vontade de largar tudo.

Já questionei se nasci para ser mãe.

Senti saudade dos banhos demorados, das saídas com amigas, das festas, das noites bem dormidas...

Fiz listas e mais listas tentando achar onde estava errando.

Já sorri querendo chorar.

Vivi muitas emoções, amei incondicionalmente e recebi os melhores beijos e abraços.

Já passei noites em claro para descobrir como agir, como educar...

Já cronometrei o tempo, tentando dominá-lo.

Revirei as redes sociais tentando descobrir os segredos daqueles posts mãe e filhos, felizes para sempre.

E quando percebi, meu banho voltou a ser demorado, assisti uma série em um dia e meus dias ficaram longos...

De repente, chorei.

Meu filho cresceu e lá se foi mais uma etapa do tal furacão chamado maternidade.

Posso dar uma dica?

Ame mais, reclame menos.

Agradeça, sempre!

Viva maternidade!

" Relato de uma mãe que acompanha o blog e decidiu dividir sua experiência."

Obrigada.

Beijos