Após insultar árbitra, adolescente é suspenso na Itália

   

Apesar do crescimento do futebol feminino e da visibilidade que as atletas começam a ter, o futebol é um mundo extremamente machista e preconceituoso.

Na Itália, um adolescente de 14 anos foi suspenso após praticar um gesto obsceno para uma árbitra em um torneio sub-14 em Mestre, região de Veneza. O incidente foi no dia 22 de maio quando a árbitra Giulia Nicastro expulsou um jogador do Treporti em uma partida contra o Miranese.

Divulgação/Twitter

Revoltado com a expulsão, o garoto abaixou o calção e fez um gesto vulgar na direção da árbitra. O jogador foi suspenso por um ano em pena aplicada pelo Tribunal Disciplinar de Veneza. Além de não pode atuar, o adolescente fica proibido de frequentar qualquer local onde esteja sendo realizada competição da Federação Italiana de Futebol (FIGC).

O presidente da FIGC, Gabriele Gravina, afirmou que a entidade vai contestar a punição, pois alega que a pena do adolescente foi branda demais. Giulia Nicastro tem 22 anos e já apitou mais de 40 jogos de categorias menores. O Treporti pediu desculpes à árbitra e afirmou que todos nos clubes estavam "profundamente desapontados".