Clubes cobram "preço de BMW" para ser mascote na Inglaterra

   

O futebol inglês é um dos mais bacanas do mundo para acompanhar e isso, claro, está diretamente ligado ao investimento do clube em jogadores, marketing, estrutura, estádios e tudo mais que o esporte envolve. Entretanto, a grande maioria dos times está de sacanagem quando o assunto é colocar seu filho, por exemplo, para entrar em campo com os jogadores.

Ser mascote na Premier League é simplesmente um absurdo de caro para a grande maioria dos times, principalmente os pequenos, que querem faturar com a situação. Vale lembrar que os maiores da Inglaterra não cobram para que uma criança seja mascote do clube: casos de Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City e Manchester United. As informações dos valores foram divulgados numa matéria da BBC do Reino Unido. Confira a lista.

Os mais caros pacotes para ser mascote na Premier League:

1º Everton - £718 - R$ 3.590

2º West Ham United - £700 - R$ 3.500

3º Leicester City - £600 - R$ 3.000

4º Tottenham Hotspur - £405 - R$ 2.025

5º Wolves - £395 - R$ 1.975

6º Crystal Palace - £375 - R$ 1.875