Sem uniforme, Venezuela usa camisas da Decathlon em jogo oficial

   

O futebol da seleção da Venezuela não é mais aquele saco de pancadas do passado, mas pelo jeito, continua num amadorismo que chega a dar dó. A bizarrice da vez aconteceu durante o jogo da equipe com a seleção da Catalunha, na última segunda-feira (25), quando foi derrotada por 2 a 1.

A empresa Givova, que fornece o material esportivo da 'Vinotinto' a partir deste ano, não conseguiu entregar a tempo as camisas do time. Sabe o que os caras fizeram? Foram até a loja "Decathlon", compraram camisas no mesmo tom da equipe, cortaram as etiquetas, prensaram o escudo da seleção em cima da logo real e enviaram para um jogo oficial. Surreal! Eles gastaram em torno de R$ 45 por camisa.

O capitão da Venezuela, Tomás Rincón, desceu o pau no episódio usando as redes sociais. A mobilização chegou a outros jogadores. Confira os posts abaixo!

A Decathlon, claro, não perdeu a oportunidade de fazer um marketing da situação!