Zagueiro holandês consola árbitro que chorou após jogo da Liga das Nações

   

Uma cena chamou a atenção do mundo do futebol após o término do empate em 2 a 2 entre Alemanha e Holanda, pela Liga das Nações, na segunda-feira (19), em Gelsenkirchen: o abraço do zagueiro holandês Virgil van Dijk no árbitro romeno Ovidiu Hategan.

Questionado, o defensor, do Liverpool, explicou o motivo do caloroso abraço foi porque o árbitro foi informado pouco antes do início da partida que sua sua mãe havia morrido. Mesmo assim, o romeno decidiu apitar o confronto. No fim do jogo, no entanto, Hategan caiu em lágrimas ainda no gramado.

"Ele não aguentou mais segurar e irrompeu em lágrimas porque havia perdido sua mãe. Eu desejei a ele toda a força nessa hora difícil e falei que ele havia apitado a partida muito bem", contou o holandês, autor do último gol da partida, nos acréscimos. "Foi algo pequeno (o abraço), mas espero que o ajude de alguma forma", completou.

Com o empate, a Holanda está classificada para a fase final da Liga das Nações, ao lado da Inglaterra, Suíça e Portugal.