Leitora do blog fala sobre atração constante por homens casados

Pergunta de Leitora - Atração por homens casados

Quero perguntar uma de minhas maluquices. Eu tenho 20 anos e já me envolvi com três homens casados. O primeiro eu meio que tive uma paixão adolescente. O segundo foi uma atração e o terceiro há muito me sinto atraída por ele, mas fiz o máximo para que nada acontecesse. Até que um dia ele me mandou uma mensagem e contou que se sentia atraído por mim e eu acabei contando a ele o mesmo. Depois disso, quando contamos um ao outro nossa atração mútua, ele começou a me mandar mensagens e eu não consegui mais esquecê-lo, os meus desejos por ele só aumentaram e tive sonhos me relacionando com ele. Outro dia ele me chamou pra ir vê-lo andar de bicicleta e a gente acabou se beijando..

Eu não quero dar continuidade a isso. Minha consciência pesa, mas eu sempre me pergunto por que sempre atraio esse tipo de relacionamento e vou em frente.

Não escolhemos por quem nos sentimos atraídos. Simplesmente nos sentimos atraídos, mas quando você fala que já se envolveu com três homens casados não está falando de uma simples atração apenas, porém de algo que se repete. Não foi um, mas três homens casados, ou seja, há um roteiro bem estabelecido que você anda seguindo. Descobrir esse roteiro é que se faz importante para que você entenda mais de si mesma.

Hoje você vive sua vida afetiva de maneira bem conflituosa. Afinal, um homem casado traz problemas para você. Desde impossibilitar de fato uma relação aberta e franca que possa progredir, bem como brigas e desentendimentos que porventura possam surgir. A questão que você deve se fazer é por que você está se colocando numa posição tão complicada? Por que será que não se sente atraída por quem está disponível e por quem poderia te oferecer algo?

Essas respostas, que você está necessitando saber, só poderão ser encontradas se você se debruçar sobre sua história de vida e compreender o que está repetindo quando só se envolve com esse tipo de homem. Você sempre quer um homem casado, que dificilmente poderá ser seu namorado e que se outras pessoas descobrirem, provavelmente, haverá muita perturbação. Parece que você quer o que não pode ter. Quando procuramos o que não podemos ter o resultado é sempre a infelicidade.

Você mesma começa sua pergunta para mim dizendo que era mais uma das suas maluquices. O que será que você quis dizer com a palavra "maluquice”? Ousaria dizer que você reconhece, em algum grau, que o que vem vivendo está mais numa dimensão de uma inconsequência, uma temeridade e insensatez do que de uma coisa consistente e verdadeira. Parece que você sabe que há algo aí, ainda não compreendido, que te coloca em risco e que pode te custar caro. Quem sabe já não esteja na hora de você se colocar em análise para se entender melhor e procurar caminhos que te realizem verdadeiramente?