Sobrecoxas de Frango Marinadas no Iogurte

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Faz tempo que não aparecemos por aqui com novidades, não é mesmo?

A paternidade tem rendido umas correrias diferentes (e maravilhosas, diga-se de passagem)!

Mas vamos que vamos!

A receita de hoje, muito fácil de se fazer, apresenta um resultado muito interessante, porque o iogurte ajuda os temperos a penetrarem melhor nas sobrecoxas.

O único detalhe é que você precisa ter um pouco de paciência: primeiro aguardar o tempo da marinada, depois para aguardar o lento cozimento.

Mas pode acreditar: vale muito a pena!

A sugestão da técnica foi do Guarabyra (aquele mesmo, da dupla Sá & Guarabyra). A gente fez as nossas adaptações e o resultado surpreendeu tanto que, para falar a verdade, este deve ser o melhor frango que já provamos!

Vamos lá!

Ingredientes:

500g de sobrecoxas de frango desossadas

2 copos de iogurte natural

3 dentes de alho (cortados em quatro cada)

sal temperado

coentro ou hortelã picado

Modo de Fazer:

Coloque as sobrecoxas, o iogurte, o sal temperado, o alho e o coentro ou hortelã picado em um saquinho culinário, mexa bem para distribuir os temperos, feche e deixe marinando na geladeira por pelo menos 12 horas.

Leve as sobrecoxas e os temperos todos a uma panela tampada no fogo bem baixo, e deixe cozinhar vagarosamente até reduzir completamente o molho, virando a sobrecoxas uma vez durante o cozimento.

Está pronto!

E fica realmente uma delícia!

O resultado só não fica mais bonito, porque a carne realmente desmancha!!!

Nesse dia, nós servimos esse prato acompanhado de couscous marroquino. Tudo delicioso!

Como sempre, estão todos convidados a participar, inclusive enviando receitas e resenhas que a gente edita e traz para cá, atribuindo a autoria, é claro!

Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice. E para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, além de outras novidades e curiosidades que compartilhamos apenas por lá mesmo , curta nossa fanpage.

Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"