Vinho Trapiche Alaris Syrah 2013

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

O post de hoje é mais uma resenha, sobre um vinho que experimentamos já faz algum tempo (até por isso é interessante manter anotações pessoais sobre os vinhos que já provamos).

A Bodega Trapiche está localizada em Maipú, na Região de Mendoza, Argentina, e produz uma série de vinhos, com as mais diversas características, qualidades e preços.

O vinho de hoje é o Trapiche Alaris Syrah 2013.

Nós já falamos um pouco sobre a uva, na resenha sobre o vinho Finca Las Moras Syrah 2013.

Então vamos logo ao vinho de hoje!

O Trapiche Alaris Syrah 2013 é mais um varietal que representa muito bem os Syrah argentinos, revelando aroma de frutas negras em compota e taninos redondos e aveludados. Em síntese apertada: um vinho leve e interessante, e que, com o tempo, revela aroma e sabor bem marcantes de ameixa seca. Eu, particularmente, considerei delicioso - e, aqui, também levei em conta o preço bastante razoável pelo qual a garrafa foi adquirida. É bem verdade que o vinho não tem lá uma persistência muito longa, mas ainda assim a experiência é bem interessante. Apesar de ser um vinho leve, ele acompanha bem massas e carne vermelha - mas preciso dizer que aí está, também, na minha modesta opinião, um excelente vinho para acompanhar peixes e frutos do mar bem temperados.

O rótulo Alaris, aliás, é uma proposta da Bodega Trapiche de trabalhar com varietais jovens, que demonstrem a leveza de um vinho com essa característica.

De qualquer forma, é sempre importante destacar que essas resenhas são puramente subjetivas - e eu já vi algumas considerarem esse mesmo vinho excessivamente ácido, e outras dizerem que ele é muito "fraco".

Como sempre, estão todos convidados a participar!

Também estão todos convidados a curtir nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, e de outras notícias que compartilhamos apenas por lá mesmo.

Um brinde, um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"