Grupo entra com mandado de segurança para impedir decreto de Ratinho

por Vitor Struck - Grupo Folha
   

Um grupo liderado pela Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina), Sociedade Rural do Paraná e deputados federais da região de Londrina entrou com um Mandado de Segurança com Pedido de Liminar no Tribunal de Justiça do Paraná para impedir a suspensão das atividades não essenciais conforme determinou o decreto publicado pelo governador Ratinho Júnior (PSD) nesta semana.

Viviani Costa - Grupo Folha

A medida já era esperada e traz ainda tensão sobre o tema uma vez que o fechamento do comércio em Londrina tornou-se mais uma pauta "capturada" por um embate político e por uma disputa de narrativas sobre a sua eficácia no combate à transmissão do novo coronavírus.

CONTINUE LENDO NA FOLHA:

No documento, o grupo defende o direito da Prefeitura de Londrina legislar sobre as normas de saúde de interesse local

Conteúdo relacionado: