Pagamento do IPTU em atraso deve ser feito até sexta em Londrina

por N.Com
   

Os contribuintes de Londrina terão até sexta-feira (20) para efetuar o pagamento dos boletos bancários referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de 2019 e anos anteriores, que estão em atraso. No mês passado, a Prefeitura de Londrina enviou 54 mil cartas àqueles que não pagaram o IPTU à vista nem fizeram o parcelamento. O valor das dívidas em aberto totaliza R$ 94 milhões.

Vivian Honorato/N.Com

Caso a quitação dos débitos não seja feita, o contribuinte poderá ser cobrado por meio de execução fiscal ou cobrança administrativa (protesto). O secretário municipal de Fazenda, João Carlos Barbosa Perez, ressaltou que é importante se atentar ao pagamento até a data do vencimento, pois as cobranças judiciais acabam saindo mais caras ao pagador por conta das eventuais custas de processo ou honorários.

Quem por ventura não recebeu o boleto pelos Correios, pode fazer a emissão pela internet. Basta acessar o Portal da Prefeitura, no link http://www.londrina.pr.gov.br/, e clicar em "Secretarias>Fazenda>Serviços Online>IPTU”. Em seguida, escolher entre as opções "IPTU 2019”, "IPTU 2018 Exercício” ou "IPTU Dívida Ativa”; e informar a inscrição imobiliária e o CPF/CNPJ.

Além disso, o contribuinte também pode comparecer na Praça de Atendimento, localizada no piso térreo da Prefeitura, e fazer a adesão ao parcelamento, que pode ser em até 60 meses, com parcelas mínimas a partir de R$ 50 reais. O endereço é Avenida Duque de Caxias, 635, e o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

O pagamento do IPTU 2019 tem ocorrido dentro da média histórica. O valor negociado até o dia 13 de dezembro corresponde a 75,85% do valor lançado. A quantia que já foi paga totaliza R$270.040.117 e outros R$18.432.814 estão parcelados. Até o fim do exercício, o Município espera recolher o total de R$343 milhões.