Abril começa quente, mas será de poucas chuvas e trará frio a Londrina

por Redação Bonde
   

O mês de março se encerrou nesta terça-feira (31) com uma amplitude térmica maior do que a média histórica: as tardes foram, em média, 2ºC mais quentes e as madrugadas, 1ºC mais frias.

Sergio Ranalli/Arquivo Folha

Também foi um mês de poucas chuvas. Dos 137 mm que eram esperados, choveu apenas 86. Os 50mm que faltaram representam um déficit de chuvas de 37%. Esses dados foram medidos pela estação londrinense do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná).

Como explica a agrometeotologista do instituto, Heverly Morais, o mês de abril, que se inicia nesta quarta-feira (1º), é um período climatologicamente seco, no qual chove pouco e podem ocorrer secas prolongas, com cerca de 10 dias sem chuva. Desde o ano passado, em muitos meses, têm chovido abaixo das médias históricas - condição essa que deve se repetir em abril.

"Nos primeiros dias ainda fará calor, mas a tendência é as temperaturas irem caindo ao longo do mês", afirma Morais. A primeira massa de ar frio mais forte, que causará um decréscimo significativo nas temperaturas, deve vir ainda esse mês.

Para esta quarta-feira, por sua vez, a temperatura mínima registrada na estação do Iapar foi de 20,2ºC, a passo que a máxima prevista é de 31ºC, um pouco a menos do que a terça-feira (31), quando os termômetros chegaram a 33ºC.

Não há previsão de chuvas. Haverá predomínio de sol ao longo de todo o dia, mas podem surgir algumas nuvens altas e pouco espessas.

Conteúdo relacionado: