ACESF notifica familiares interessados em realizar traslado de restos mortais

por N.com
   

A ACESF (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina) notifica as famílias interessadas em realizar o traslado de restos mortais, de pessoas cujos prazos de permanência em área de conjugado já venceram. A publicação do Edital n°10/2020 traz a listagem de nomes dos sepultados e pode ser conferida na edição n°4.104, de 6 de julho, do Jornal Oficial do Município.

Vivian Honorato/Arquivo/N.com

A notificação ocorre em conformidade com o disposto da Lei n°11.468, de 2011. Segundo o gerente de fiscalização e manutenção dos cemitérios, Ademir Gervásio de Souza Junior, há um prazo para a realização dos procedimentos. "Legalmente, o prazo que a lei preconiza, antes de realizar a exumação, é aguardar um período de 30 dias para que as famílias compareçam para os devidos procedimentos”, explicou.

Encerrado o prazo, e não havendo o registro do pedido, a ACESF irá realizar a exumação, levando os restos mortais para sepultamento em um jazigo coletivo público municipal (ossuário) do Cemitério Jardim da Saudade. Assim, os requerentes devem comparecer, dentro do prazo, no setor de Divisão de Cemitérios, das 8h às 14 horas, na Avenida Juscelino Kubitschek, 2948.

A ACESF sugere que os requerentes sejam familiares próximos da pessoa falecida. Para realizar os procedimentos de transferência dos restos mortais para outro local ou aos que desejarem fazer apenas a exumação e transferência para o jazigo coletivo, é necessário apresentar documentos pessoais e a certidão de óbito do falecido, notificando o que quer realizar. Os procedimentos solicitados geram taxas correspondentes aos serviços que serão prestados.

Conteúdo relacionado: