Arquidiocese de Londrina decide retomar missas presenciais em agosto

por Luís Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
   

A Arquidiocese Metropolitana de Londrina definiu para 8 de agosto a retomada dos cultos presenciais, suspensos desde março devido às medidas restritivas para segurar a pandemia do novo coronavírus. A decisão dos padres foi tomada na sexta-feira (24).

Marcos Zanutto/Arquivo FOLHA

Nas duas semanas até o recomeço das missas presenciais, o arcebispo Dom Geremias Steinmetz deve elaborar o protocolo com medidas preventivas a serem adotadas e as paróquias poderão se preparar.

Apesar de as missas estarem permitidas, as aglomerações ainda são proibidas e os templos terão de funcionar mediante uma lotação máxima, que permita o adequado distanciamento entre os fiéis.

A manutenção da suspensão das missas presenciais, adotando as transmissões on-line, dividiu os católicos de Londrina. Enquanto parte deles elogiava a preocupação de Dom Geremias com a saúde dos fiéis, outros criticavam a ausência dos encontros e um grupo chegou a espalhar outdoors pela cidade questionando a decisão do líder religioso.

.