Casal é detido em Londrina por crime ambiental

por Redação Bonde com N.Com
   
Divulgação/Guarda Municipal

Um casal foi detido pela Guarda Municipal de Londrina na tarde desta última segunda-feira (10) por queimar uma área de preservação ambiental na rua Henrique Bruneli, no conjunto Avelino Vieira, zona oeste da cidade.

Segundo o órgão, o casal teria informado aos guardas que pretendia fazer uma horta no local. Contudo, por se tratar de um fundo de vale, que é área de preservação ambiental, o ato é considerado ilícito, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98).

Boletim municipal: Londrina ultrapassa 3,8mil casos de Covid-19 e atinge 137 óbitos

Como explica o Guarda Municipal Reis, inspetor do órgão, muitas pessoas não sabem que esse tipo de conduta é crime: "A prática de queimadas em fundos de vale é usual pelos munícipes de Londrina. Muitos não sabem que tal conduta configura um ilícito penal. O casal estava ateando fogo no fundo de vale para posterior plantio, todavia tal prática gera consequências à fauna e à flora, por isso há a tutela penal e desdobramentos administrativos, com possíveis multas aos infratores”.

O casal, depois de detido, foi encaminhado para a Polícia Civil para prestar depoimento.

Conteúdo relacionado: