Cemitérios de Londrina terão câmeras de monitoramento para evitar furtos

por Isabella Alonso Panho* - estagiária
   
Gina Mardones/Arquivo Folha

Os cemitérios de Londrina em breve possuirão um sistema mais sofisticado para prevenção de furtos e atos de vandalismo. Conforme Leonilso Jaqueta, superintendente da Acesf (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina), o órgão decidiu que vai contratar câmeras de segurança e um circuito de monitoramento para intensificar a prevenção de crimes.

"Na primeira etapa, serão investidos em torno de R$ 800 mil nos principais cemitérios da cidade - São Pedro, jardim da Saudade e padre Anchieta", afirma Jaqueta. Os serviços deverão ser contratados através da abertura licitação, medida que deve ficar para 2021. "Ainda estamos fazendo cotações e vendo todos os equipamentos necessários para publicar o edital". As novas medidas devem ser custeadas com recursos próprios da Acesf.

Uma outra proposta que vem sendo estudada pelo órgão é o monitoramento das entradas dos cemitérios, através da implementação de um sistema por meio do qual os visitantes tenham que se identificar para adentrar as dependências.

Um dos maiores problemas apontados pelo superintendente está no fato de que, pelo dano ser majoritariamente patrimonial, muitos concessionários não registam BO, o que prejudica a construção de estatísticas. Ele relembra a situação do cemitério da Warta: "nesta quarta-feira (2), levaram 90% do bronze que estava no cemitério. É uma situação lamentável".

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: