Defesa Civil informa como proceder em casos de chuva e vendaval

por N.com
   
Divulgação/Defesa Civil

A Secretaria Municipal de Defesa Social, através da COMPDEC (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil), informa como os cidadãos londrinenses podem colaborar com o poder público em casos de enchentes, alagamentos, deslizamentos, vendavais, quedas de árvores entre outras situações de perigo decorrentes das chuvas. A comunicação dos fatos deve ser feita para os telefones 199 (Defesa Civil Municipal) e 153 (Guarda Municipal de Londrina). A coordenadoria fará o encaminhamento para os órgãos responsáveis para dar a devida providência, ou seja, buscar a solução do problema de forma efetiva.

De acordo com o coordenador geral e secretário de Defesa Social, Pedro Ramos, é importante que as pessoas liguem e repassem o máximo de informações para a central. "Quando a população se deparar com alagamento, inundação ou deslizamento de terra, é preciso entrar em contato imediatamente com o telefone 153 e 199 para relatar os fatos. Nós temos cadastrados todos os pontos de alagamentos que chegam pelo telefone 153 e 199. Posteriormente, nós direcionamos aos órgãos responsáveis, como por exemplo a CMTU, secretarias municipais de Obras e Ambiente. Quando é alagamento a gente passa para CMTU, quando tem deslizamento ou algum problema de infraestrutura nós informamos a Obras e quando é em relação à queda de árvores a gente passa para a Sema”, informou.

Ainda de acordo com o secretário, o poder público trabalha de forma preventiva, mas conta com apoio da população. "Esse trabalho preventivo que a gente tem feito contribui para a diminuição da incidência desses pontos críticos em casos de vendavais e chuva pesada. Isso tem ajudado bastante. É um trabalho preventivo que estamos fazendo usando as informações da comunidade. Por isso que é importante as pessoas ligarem no telefone 199, ao invés de só fazerem as fotos e vídeos para publicarem nas redes sociais”, pontuou.

O serviço da Defesa Civil municipal funciona 24 horas por dia, em caso de emergência ligue para a central 199.

Conteúdo relacionado: