"Feira do Cincão” retorna neste domingo

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Após algumas semanas de suspensão em virtude da pandemia do novo coronavírus, a Feira do Cincão, que ocorre semanalmente na avenida Saul Elkind, na região norte, volta às atividades neste domingo (3). A principal novidade para a maior e mais tradicional feira livre de Londrina é o formato de disposição das bancas. Em vez de permanecerem enfileiradas lado a lado, somente na pista da avenida que segue no sentido Ibiporã, elas agora passarão a ocupar também a direção oposta da via, e de maneira intercalada. O objetivo é garantir um distanciamento seguro entre as barracas e evitar aglomerações.

Reprodução/N.Com

Para melhorar a organização do espaço, a Prefeitura, por meio da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), fará a colocação de placas e faixas para delimitar a área reservada aos 70 comerciantes autorizados a atuar no local e também trabalhará na interdição da Saul Elkind para o evento. Rumo a Ibiporã, o bloqueio será da rua Avinhado até a Lázaro José Carias de Souza. Já em direção a Cambé o fechamento - que deve durar das 4h às 13h - funcionará entre as ruas Gessi Eugênio da Silva e Harpia.

Segundo o diretor-presidente da CMTU, Marcelo Cortez, todo o processo de montagem das quitandas será acompanhado pelos agentes de trânsito e de postura, além de guardas municipais. "Estaremos com nossos servidores a postos para garantir a volta de forma tranquila e organizada, tanto para feirantes quanto clientes. Queremos todo esforço para que as regras de segurança sejam cumpridas, no Cincão e em outras feiras, e Londrina seja exemplo positivo de união entre poder público, iniciativa privada e população na retomada das atividades econômicas”, afirmou.

Diretrizes - Além da distância mínima de dois metros entre uma banca e outra - espaço que na Saul será ainda maior -, integram o conjunto de medidas para evitar a disseminação da Covid-19 nas feiras em Londrina a utilização obrigatória de máscaras por comerciantes e frequentadores; o uso de luvas no interior das barracas; o fornecimento de álcool em gel ao público; a higienização constante de balcões, máquinas de cartão de crédito e outras superfícies; e a afixação de cartazes educativos informando sobre as formas de prevenção ao coronavírus.

Os agentes da CMTU, juntamente com os feirantes e seguranças, estarão orientando os visitantes para que evitem aglomerações; sobre a eliminação de bacias, pegadores e outros utensílios para a escolha das frutas, legumes e verduras; assim como a proibição de que pastéis, espetos e outros alimentos preparados no local sejam consumidos na hora.

Conteúdo relacionado: