Guarda de Londrina fecha bar, tabacaria e distribuidora de bebidas

por Redação Bonde com N.Com
   

Londrina contabilizou 113 denúncias de descumprimento das normas de isolamento social no último final de semana (27 e 28 de junho). Os dados foram publicados pela Secretaria Municipal de Defesa Social na noite desta segunda-feira (29).

Bruno Amaral/Defesa Social

Dessas denúncias, 84 foram feiras pelo telefone 153 e 29 pelo Whatsapp. Ao todo, foram autuados 15 termos de constatação, por funcionamento em horário irregular, aglomeração de pessoas, festas em residências e falta do uso de máscaras.

Um dos estabelecimentos vistoriados no último sábado (27) é uma distribuidora de bebidas na avenida Higienópolis. Além de estar funcionando fora do horário permitido, atendendo ao público, o estabelecimento não possuía alvará e foi lacrado por sete dias.

A equipe de fiscalização também interditou uma tabacaria na zona norte onde havia cerca de 100 pessoas fazendo uso de bebida alcoólica e narguilé, por volta das 2h do domingo (28). Além da grande quantidade de pessoas, o ambiente não possuía ventilação. A Guarda Municipal foi acionada em apoio à Polícia Militar, que realizou uma abordagem no estabelecimento.

Leia também: Guarda Municipal recebe denúncias de descumprimento da quarentena por Whatsapp

Também foi fechado um bar na vila Casoni funcionando à meia-noite e meia com 15 pessoas no seu interior.

No domingo, os guardas municipais registraram irregularidades em uma banca de revistas funcionando fora do horário, em uma obra com 11 pessoas trabalhando e em um pesque-pague aberto com aglomeração de pessoas.

Neste mês de junho, segundo o balanço da Secretaria, a Guarda Municipal de Londrina recebeu 1525 denúncias, mas em 802 delas nenhuma irregularidade foi constatada.

O telefone 153, da Guarda Municipal, recebe denúncias 24h por dia de descumprimento às normas da quarentena. Recentemente, passou a receber denúncias também pelo Whatsapp 043 99995 0272.

Conteúdo relacionado: