Londrina registra temperatura mais alta do ano pela segunda vez

por Rodolfo Salloum - Estagiário*
   

A semana começou quente em Londrina. Os termômetros do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) registraram novamente o dia mais quente do ano: 37,4° C, temperatura que já havia sido registrada no último dia 12 de outubro. Porém, esse não é o recorde registrado desde o início da medição oficial. A mais alta temperatura na cidade foi registrada em novembro de 1985, quando os termômetros marcaram 39,2º C.

Arquivo FOLHA

A umidade na cidade, segundo informou a agrometerologista Heverly Morais, chegou a 27,4%, considerada muito abaixo do ideal recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que é 60%. O dia mais crítico em relação a umidade também foi em 12 de outubro, quando ficou em 23%.

Heverly destaca que os recordes de temperatura elevada acontecem sempre na primavera. "A primavera, por não ser um período chuvoso, sempre acaba registrando altas temperaturas, diferente do verão que tem chuva. Quando chove, a água evapora e, consequentemente, resfria o ar e diminui a temperatura do ambiente”.

Nos últimos cinco anos, a temperatura mais alta registrada pelo Iapar foi em outubro de 2014, quando os termômetros marcaram 38,5°. Em outubro de 2015, os termômetros também marcaram 37,4º C.

Veja a lista:

2018: 35,4° C em 12 de dezembro

2017: 35,6° C nos dias 11 e 12 de outubro

2016: 37,0° C em 19 de outubro

2015: 37,4° C em 16 de outubro

2014: 38,5° C em outubro.

LEIA MAIS:

Tempo quente e chuva a partir de terça: veja a previsão em Londrina

(*Sob supervisão de Fernanda Circhia)