Londrina tem a maior letalidade entre as mais populosas do Paraná

por Lucio Flávio Cruz e Viviani Costa - Grupo Folha
   

Pouco mais de dois meses após registrar a primeira morte por Covid-19, Londrina ultrapassou a triste marca de 50 óbitos causados pela doença. Se os números absolutos assustam, o índice de letalidade do coronavírus na cidade também preocupa. A quantidade de mortes em Londrina em relação ao número de casos confirmados é maior, inclusive, que a média registrada no Brasil.

Sérgio Ranalli/Grupo Folha

Segundo os números divulgados nesta sexta-feira (19) pela Sesa (Secretaria do Estado da Saúde), Londrina registrou 1.026 pessoas infectadas e 56 mortes, o equivale a uma taxa de letalidade de 5,4%.

Em Curitiba foram confirmados 2.253 casos de Covid-19 e 98 mortes, o que resulta em uma taxa de letalidade de 4,6%. Em Maringá são 673 confirmações e 11 mortes (1,6%). Em Ponta Grossa são 187 casos de Covid-19 e uma morte (0,6%). Já Cascavel acumula 1.327 casos e 25 óbitos (1,8%).

CONTINUE LENDO NA FOLHA

*Os dados são de sexta-feira (19) divulgados pela Sesa. Conforme o último boletim municipal, Londrina está com 59 óbitos e 997 casos de coronavírus.

Conteúdo relacionado: