TC manda suspender licitação de radares da CMTU

por Luís Fernando Wiltemburg
   

O TC (Tribunal de Contas) do Paraná determinou a suspensão de uma licitação promovida pela Prefeitura de Londrina para contratar empresa para apoio à gestão de trânsito, com a implantação, operação e manutenção de sistema de videomonitoramento e Centro de Controle Operacional para a fiscalização automática de tráfego.

Gina Mardones/Arquivo Bonde

Apesar da determinação cautelar do conselheiro Artagão de Mattos Leão, a licitação na modalidade pregão presencial já havia sido concluída, e a empresa presta serviços para a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) desde o dia 1º de junho. O valor total do contrato é de R$ 7.197.346,80.

A decisão provisória foi provocada por representação com base na Lei de Licitações, que argumentava, com base em documentos, supostas irregularidades na licitação que levaram a seu direcionamento para que apenas uma empresa pudesse participar da disputa pública, que teve pelo menos outros seis interessados

Leia mais na FOLHA DE LONDRINA