Chuva de meteoros ilumina céu nesta madrugada; saiba como ver

por Agência Estado
   

A chuva de meteoros Perseidas alcançará o seu ápice de atividade na madrugada desta terça-feira (13). O fenômeno, que ocorre anualmente, teve início em 17 de julho e seguirá até o dia 26 de agosto.

Reprodução/Pixabay

A chuva de meteoros ilumina o céu quando a Terra encontra com fragmentos cósmicos deixados pelo cometa Swift-Tuttle.

Entre 15 a 20 meteoros podem ser vistos por hora durante o pico do fenômeno nesta terça. A Lua cheia, no entanto, pode ofuscar a visualização do espetáculo.

Conforme Miguel Fernandes Moreno, coordenador do Gedal (Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina), o grupo deixou a data marcada na lista de observações, mas sem atividade estabelecida. "A Lua cheia vai atrapalhar muito a observação, então optamos por não marcar em nenhum local", explicou.

Confira a lista com os locais de observação dos próximos fenômenos em Londrina:

- 07/09/2019 - Projeto "Na Rua, de Olho Pra Lua!", na Praça Nishinomiya;

- 02/11/2019 - Projeto "Na Rua, de Olho Pra Lua!", na Praça Nishinomiya;

- 11/11/2019 - Trânsito de Mercúrio - Local a definir;

- 16-17/11/2019 - Chuva de Meteoros Leonídeos - Local a definir;

- 07/12/2019 - Projeto "Na Rua, de Olho Pra Lua!", na Praça Nishinomiya.

Como contemplar a chuva de meteoros

A melhor maneira de ver a chuva de meteoros é buscar um local com vista clara para o céu. Idealmente, locais com céu escuro, longe das luzes da cidade.

A chuva de meteoros tende a ser mais visível depois da meia-noite e antes do amanhecer.

É possível contemplar o fenômeno a olho nu. Binóculos ou telescópios podem limitar o campo de visão. A agência espacial americana (Nasa) também deve fazer a transmissão do fenômeno.

(Colaborou Fernanda Circhia)