Governo vai baixar toque de recolher em todo o Paraná para conter coronavírus

por Luís Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
   
Pixabay

O governo do Paraná vai estabelecer toque de recolher e o retorno dos servidores estaduais para o teletrabalho como medidas para combater o aumento vertiginoso dos casos de Covid-19 no Paraná.

O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Beto Preto, em entrevista televisiva na manhã desta terça-feira (1º). As novas medidas foram confirmado por meio de nota pela assessoria de imprensa da pasta no início da tarde.

O toque de recolher é uma forma de reduzir a circulação do vírus e deve ser das 23h às 5h, mas o horário ainda deve ser confirmado ou até mesmo ampliado, se necessário. Ainda na entrevista, o secretário disse que também são estudados os fechamentos de parques e praças e diminuição de festejos natalinos por parte dos entes públicos.

Nesta terça, a Prefeitura de Londrina lança a iluminação de natal, estreando as festividades de fim de ano no município.

Na nota oficial, a assessoria de imprensa da Sesa disse que "continuam válidas todas orientações divulgadas desde o início da pandemia da Covid-19 para evitar a propagação do novo coronavírus, como o distanciamento físico, o uso de máscara e a higiene pessoal”, mas que, por meio da pasta, serão produzidos dois instrumentos jurídicos para ajudar a conter a alta disseminação do vírus verificada nos últimos dias.

"Um deles refere-se à restrição de horário para circulação de pessoas no período noturno. A outra recomendará a retomada das atividades de trabalho remoto de servidores estaduais, semelhante à resolução anteriormente publicada pela Sesa”, explica a nota.

As normativas devem ser publicadas até a quarta-feira (2).

Conteúdo relacionado: