MP investiga possível perda de 73 vacinas contra a Covid-19 em Nova Fátima

por Rafael Machado/Grupo Folha
   
Pixabay

O Ministério Público de Nova Fátima (Norte Pioneiro) está apurando a suposta perda de 73 vacinas contra a Covid-19 que estavam armazenadas na única geladeira disponível no município para guardar os imunizantes. O caso veio à tona na semana passada, quando duas servidoras da Secretaria de Saúde identificaram uma falha técnica no equipamento que teria funcionado acima da temperatura ideal, entre 2º C e 8º C.

A investigação acontece em um procedimento administrativo já em andamento no MP, instaurado para acompanhar a vacinação na cidade. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, "a prefeitura encaminhou resposta comunicando que o Ministério da Saúde informou que não era para descartar as doses que ficaram pouco período sem refrigeração, uma vez que haveria estudos de que não teria o comprometimento da vacina".

Leia mais na Folha de Londrina.

Conteúdo relacionado: