Suspeito de estar com Covid-19 não pode sair de casa

por Rafael Machado - Redação Bonde
   

De plantão neste final de semana, o juiz Marcos Rogério César Rocha determinou que um jovem de 19 anos, morador do centro de Ibiporã (Região Metropolitana de Londrina) e suspeito de ter sido infectado pelo novo coronavírus, fique em casa até o dia 30 de maio, data estabelecida pela Secretaria de Saúde da cidade para o isolamento. A liminar foi dada pelo magistrado na noite da última sexta-feira (23).

iStock

A ordem também vale para a mãe dele, que tem 55 anos. A decisão atende uma ação proposta pelo promotor Bruno Vagaes, do Ministério Público de Ibiporã. Nela, ele descreve que o jovem foi até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), localizada no centro do município, com sintomas leves da Covid-19.

Uma médica orientou que ele e pessoas de seu convívio ficassem em casa até o dia 30 deste mês. Segundo o MP, o rapaz não assinou o termo de consentimento e declaração de isolamento domiciliar. A profissional explicou a recomendação e disse que "o jovem compreendeu o que lhe foi informado".

Leia mais no site da Folha de Londrina.

Conteúdo relacionado: