Uso de narguilé na rua passa a ser proibido em Maringá a partir desta semana

por Isabella Alonso Panho - estagiária*
   

Começou a valer nesta semana a proibição do uso de narguilé em Maringá (noroeste). A lei havia sido aprovada pelos vereadores em março deste ano, mas ficou aguardando a sanção do prefeito para ter validade no município.

Pixabay

Como o prazo da prefeitura transcorreu sem a lei ser aprovada ou proibida, o presidente da Câmara dos Vereadores publicou-a no Diário Oficial de Maringá nesta segunda-feira (25), dia a partir do qual ela começou a valer.

A nova lei proíbe o uso de narguilé e de fumos similares em locais públicos e que sejam próximos de praças, órgãos públicos, estabelecimentos de atividades esportiva e escolas de nível infantil a superior.

A multa prevista na lei é de R$ 500,00, valor que pode ser aumentado a cada reincidência. Assim, pelo que a norma estabelece, se uma pessoa for pega pela terceira vez, pode ter que pagar uma multa de até R$ 2.000,00.

As proibições e multas não são válidas para estabelecimentos fechados e bares que ofereçam o uso de narguilé nos seus serviços.

Em Londrina, um decreto publicado na quinta-feira passada (21) também proibiu o uso do fumo em locais públicos.

Em Andirá, suspeita-se que uma roda de narguilé pode ter contaminado diversas pessoas com a Covid-19. Leia a matéria completa na Folha de Londrina.

*Sob supervisão de Rafael Machado.

Conteúdo relacionado: