Festa irregular é fechada em Arapongas; armas e drogas são apreendidas

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Uma festa irregular foi encerrada pela Guarda Municipal de Arapongas (região metropolitana de Londrina) neste domingo (26) na região da gleba Orle, zona rural da cidade. O evento descumpre a determinação da suspensão de eventos ou festas de qualquer natureza que resultem na aglomeração de pessoas, como forma de combate à disseminação do coronavírus (Covid-19), estabelecidas em Decretos Municipais.

Divulgação/Guarda Municipal

A festa contava com a presença de aproximadamente 30 pessoas. Foram apreendidas duas armas, uma arma calibre 22 e outra calibre 32, além de pequenas porções de drogas. O responsável pela festa foi encaminhado à 22º Subdivisão da Polícia Civil por violação ao decreto municipal e pela posse ilegal de uma das armas. Outras três pessoas também foram encaminhadas detidas por conta da segunda arma de fogo apreendida no local, e pelas porções de entorpecentes.

O secretário de Segurança Pública e Trânsito, Paulo Argati, reforça que festas e eventos que resultem na aglomeração de pessoas estão suspensos, por tempo indeterminado, e recomenda que a população não descumpra as medidas estabelecidas. "Pedimos a todos que respeitem as orientações. Assim que for viável, será permitida a retomada de atividades festivas. Tanto a Guarda Municipal quanto a Polícia Militar estão atentas a esse tipo de situação, e vamos permanecer na fiscalização e autuação nesses casos”, reforça.

Outra ação semelhante foi registada no último dia 19 de abril (domingo), durante festa irregular realizada na estrada da Aliança. No local, cerca de 100 participantes, entre eles 20 adolescentes, realizavam evento em total desacordo com as orientações contra a pandemia. A Polícia também encontrou no local drogas e uma arma de fogo com munições. A organizadora, com uma amiga que divulgou o evento pelas redes sociais, foram detidas e encaminhadas para prestar depoimento.

Denúncias

Além do 153, a população de Arapongas pode denunciar o descumprimento dos decretos municipais através dos telefones 9 9180- 0073/ 3902-1010 ou 0800 - 645 - 9060.

Conteúdo relacionado: