Mulher atendida na Santa Casa de Uraí relata ter sofrido abuso e agressão por dois dias

por Redação Bonde
   
Pixabay

Uma mulher de 59 anos, que foi atendida no hospital Santa Casa de Uraí (Região Metropolitana de Londrina), relatou para a PM (Polícia Militar) que foi agredida e obrigada a se relacionar por dois dias com um homem com quem se envolveu.

A denunciante declarou ainda que conversava há um mês com o indivíduo, mas que só na sexta-feira (19) se encontraram pessoalmente. Ela teria sido mantida em cárcere privado e sofrido abuso diversas vezes pelo autor.

A PM informou que o suspeito ainda não foi localizado.

Conteúdo relacionado: