Confira 5 cuidados essenciais para os pneus do seu carro

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Muitos motoristas não dão atenção à manutenção dos pneus e só se lembram deles quando há algum imprevisto. Entretanto, há uma série de cuidados básicos que podem fazer esses importantes itens de segurança dos veículos durarem mais.

Pixabay

A Evonik, uma das maiores fabricantes de insumos para produção do "pneu verde”, indica uma lista de boas práticas para evitar inconvenientes na estrada.

1. Alinhar e balancear

É imprescindível a cada 10 mil quilômetros. Tão importante quanto o nível de desgaste dos pneus é a forma como estão se desgastando. A ação deve ser antecipada se existirem vibrações na direção.

Caso o veículo seja usado intensamente na cidade, onde as condições de asfalto são mais severas, principalmente após o período de chuvas, o alinhamento e balanceamento será necessário a cada 5 mil quilômetros.

2. Calibrar

Recomendável que se faça uma vez por semana, sempre com os pneus frios, seguindo as especificações do fabricante, indicadas no manual do proprietário do veículo.

Quando o veículo estiver muito carregado (justamente em viagens com a família, quando há mais bagagem), também é preciso seguir as orientações do manual. O estepe também deve ser calibrado.

3. Fazer o rodízio

Também indicado a cada 10 mil quilômetros, garante que os pneus se desgastem por igual.

4. Verificar o Indicador TWI

O TWI deve ser monitorado com atenção, pois indica o desgaste dos pneus. Quando está no mesmo nível, ou muito próximo, do restante da banda de rodagem, chegou a hora de efetuar a troca.

É importante manter sempre a mesma medida e dimensão, preservando a originalidade do carro.

5. Observar a etiquetagem

Desde abril de 2018, todos os pneus vendidos no Brasil devem possuir a etiqueta do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que informa ao comprador a eficiência do produto sob vários aspectos.

A classificação integra o Programa Brasileiro de Etiquetagem - PBE. Por meio dele, o consumidor pode optar pelo "pneu verde”, que reduz o consumo de combustível por ter mais sílica em sua composição, e é mais seguro, pois melhora a aderência ao piso molhado.

Conteúdo relacionado: