Confira seis dicas para manter a pintura do carro nova

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Quem tem carro e gosta de manter o bem adquirido, normalmente que ver o possante no melhor estado mecânico e de lataria, correto? Para manter a pintura em dia, prevenir é o melhor remédio. Confira seis dicas importantes para manter a pintura em uma boa situação. Confira:

#1. Proteja contra o calor

A maior vilã da pintura do carro é a exposição a altas ou baixas temperaturas. O carro tem que enfrentar o sol, principalmente porque o Brasil é um país tropical. A dica é evitar que isso ocorra ao menos quando o carro esteja parado. Prefira estacionamentos cobertos e, caso tenha, utilize a garagem de casa. Deixar o carro no sol, exposto a altas temperaturas, pode provocar rachaduras na pintura, que no futuro acumulam umidade e podem virar uma ferrugem.

#2. Não deixe os pássaros fazerem a festa

Esse problema não é apenas uma questão de higiene. A sujeira deixada pelos pássaros possuem substâncias realmente prejudiciais à pintura do carro. O correto é evitar estacionar embaixo de árvores e se, por acaso o incidente acontecer, é necessário lavar o mais rápido possível.

#3. Lave o carro da maneira correta

Pode até parecer simples, mas existem muitos produtos que não podem ser usados e que comprometem a pintura. Primeiro: nada de detergente de cozinha ou solvente. É importante usar produtos apropriados para lavagem de carro e que são vendidos em lojas especializadas. De preferência, não lave sob o sol, pois isso nos remete à primeira dica. Vale lembrar, também, que a frequência ideal é uma vez por semana. Isso evita que a poluição se acumule na lataria.

#4. Toda atenção no pós-lavagem

Depois do banho, existem outros procedimentos para manter a pintura em dia. É preciso secar para evitar formação de manchas. Primeiro, abra o capô para secar também os dutos. Mesmo que não tenha muito a ver com a pintura, esse procedimento é importante para manter a aparência de novo. Outro cuidado é passar uma cera específica para a lataria com flanela.

#5. Dirija com cautela

Alguns danos na pintura podem ser causados por pedrinhas que batem na lataria quando se está dirigindo. Vale a pena prestar atenção na qualidade das estradas e evitar, quando possível, as que não apresentem boas condições. Reduza a velocidade e dirija com atenção. Estradas que foram asfaltadas recentemente também exigem certo cuidado. Caso perceba partículas de piche, remova o mais rápido possível.

#6. Cuidado ao abastecer

No posto de combustíveis, preste atenção em quem está abastecendo o veículo e, se for você mesmo, não deixe que a gasolina derrame na lataria. O combustível é um dos inimigos da pintura porque pode deixar manchas que complicadas de serem removidas. Se isso acontecer, limpe imediatamente.