Entenda para que serve o número do chassi

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

O chassi é uma base de alumínio, aço ou outro metal rígido, sobre o qual é montada a lataria, o motor e outros componentes do carro. Nele, obrigatoriamente, desde 1983, é gravado uma sequência de 17 caracteres alfanuméricos regulamentados pela ABNT. Essa sequência é a a identificação do veículo. Na fábrica, cada chassi recebe uma numeração única, também marcada no documento do carro.

Freepik

Ao comprar um seminovo, o motorista consegue saber através da numeração se o veículo já foi batido, roubado ou adulterado. Além disso, o número de chassi pode sanar dúvidas e evitar dores de cabeça com a polícia e o Detran. Mesmo não sendo obrigatório, alguns fabricantes ainda colocam a numeração na parte interna do para-lamas, na porta do lado direito, e até no teto, no lado de dentro do forro.

Na maioria das vezes em que veículos são roubados, os criminosos costumam alterar ou raspar os números para dificultar que a polícia identifique de quem o automóvel foi furtado, caso sejam pegos. O Detran é o único que pode fazer remarcação do chassi e todo processo fica documentado. Em casos como acidentes que danificam a numeração, é necessário remarcar ou substituir a peça. Outro caso pode acontecer da sequência estar deteriorada pela ferrugem, por ser um carro mais antigo. Além do chassi, o motor e o câmbio também recebem numerações únicas por veículo.

Alguns sites e aplicativos permitem que o usuário consiga, por meio do número do chassi, ter informações cadastradas de seu veículo como cor, modelo, ano, número do motor, placa, entre outros. Qualquer detalhe diferente do que está no sistema poderá ser classificado pelo usuário como adulteração. As consultas podem ser feitas pelo usuário por aproximadamente R$ 50 cada, mas para uma revisão completa é preciso contratar uma empresa especializada.

O primeiro número da sequência indica a área geográfica onde foi fabricado. O segundo indica o país e o terceiro o fabricante ou montadora. O segundo bloco de números, que vai do 4º ao 9º, geralmente são usados para classificar o modelo dos veículos. O décimo pode ser representado por letras ou números e permite identificar o ano do veículo. O 11º dígito mostra qual a fábrica e local o fabricante montou o veículo. Do 12º em diante está a numeração de série do carro, que é padronizada por cada montadora. Não são usadas as letras O, Q e I para evitar que sejam confundidas com os números 0 e 1