Vai viajar no feriado? Veja como atualizar a Carteira Digital de Trânsito

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

No carnaval, muita gente aproveita para viajar com a família, rever parentes ou descansar em cidades que não têm tradição de festejar o carnaval. Em 2020, a novidade para os motoristas é a Carteira Digital de Trânsito (CDT), um aplicativo para celular com versões digitais da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

Pixabay

Disponível para todos os estados do país, a facilidade dispensa o uso dos documentos físicos. No caso do CRLV Digital, pode ser compartilhado com até cinco pessoas, seja a família ou amigos que usam o mesmo carro.

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) foi desenvolvido pelo Serpro para o Denatran e está disponível para celulares com sistemas Android ou iOS.

As versões eletrônicas do documentos atendem às deliberações do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), especialmente a nº 180/2019, sobre a emissão do CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo em meio eletrônico), em substituição ao CRLV em meio físico.

Mais de 5 milhões de CNHs emitidas

Pelo aplicativo, é possível consultar o histórico de emissões da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), compartilhar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), exportar os documentos e consultar infrações. Só a CNH Digital já foi baixada por mais de 5 milhões de usuários.

Novo formato do CRLV já passa de 2 milhões

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em formato digital será obrigatório para todos os estados apenas a partir de 30 de junho de 2020. Entretanto, todos os Detrans estaduais e do Distrito Federal já estão aptos para emitir o CRLV no novo formato do documento e até este mês, apenas os estados do Pará, Tocantins e Rio Grande do Norte ainda não aderiram à facilidade.

O aplicativo "Carteira Digital de Trânsito" está disponível gratuitamente na Google Play e App Store e por meio do Portal de Serviços do Denatran. Caso prefira, o motorista também pode, opcionalmente, utilizar uma via impressa do CRLV-e, que terá a mesma validade da versão eletrônica. A diferença é que o documento será impresso em papel comum, validado por um QR Code específico.

O CRLV digital utiliza tecnologia presente no QR Code VIO, desenvolvido pelo Serpro, para garantir a integridade e autenticidade do documento de licenciamento veicular. Da mesma forma que acontece com o documento físico, o CRLV digital somente será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, bem como o pagamento do Seguro Obrigatório (DPVAT).

Conteúdo relacionado: