Apostar na inovação será necessário para ter sucesso no Dia das Crianças 2020

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   
Divulgação

Em 2020, os lojistas terão de superar alguns desafios para vender mais no Dia das Crianças. O "novo normal” - classificação usada para descrever o período de reabertura da economia, com uma série de adaptações - pede por mudanças de hábitos e pela promoção de novas experiências aos consumidores, para que sua atenção - já debilitada pela pandemia - seja captada pelos comércios. Assim, apostar na inovação pode ser a chave para o sucesso.

O Dia das Crianças é, historicamente, uma data lucrativa para o comércio. Em 2019, as vendas cresceram 3,1% em relação a 2018 e também registraram o melhor desempenho do ano em relação às demais datas comemorativas, de acordo com dados da Serasa Experian e Boa Vista SCPC.

Com o cenário atípico de 2020, no entanto, a expectativa de alta em relação ao ano passado é baixa, mas ainda positiva, segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq). Como a data representa 35% das vendas de negócios relacionados a brinquedos no ano, é a oportunidade ideal para os micro e pequenos negócios do segmento poderem aumentar o faturamento este ano.

Acontece que, com a mudança do presencial para o digital no processo das vendas, há alguns desafios que precisam ser enfrentados e vencidos, como maior concorrência no online, novos métodos de aquisição de atenção, estratégias de alcance e engajamento nas redes sociais e, claro, a melhora da experiência de compra e atendimento

ao consumidor.

O primeiro deles, a concorrência, é visto por conta do aumento de lojas virtuais desde que a pandemia começou. Em agosto, já eram mais de 1,3 milhão de e-commerces registrados no país, com um crescimento de 40,7% no acumulado dos últimos 12 meses em relação ao mesmo período de 2019, de acordo com a 6ª edição do levantamento "Perfil do E-Commerce Brasileiro”, feita pela PayPal em parceria com a BigData Corp.

É nesta parte que as estratégias de aproximação com o cliente podem ser realizadas. O recomendado é que o empreendedor conheça seus consumidores e saiba quais ações geram mais engajamento quando feitas. Saber, por exemplo, qual a parcela do público com crianças em casa ou próximas, como pais, mães, tios, tias, padrinhos e madrinhas, é importante para essa data.

Para isso, é possível disponibilizar uma pesquisa para ter alguns dados mais aprofundados, como faixa etária, profissões, forma de pagamento preferencial, se tem filhos e animais de estimação, quais canais de atendimento são melhores para ele ou se gostaria de receber notificações e promoções personalizadas, por meio do API do WhatsApp Business. Além de ajudar a segmentar melhor as campanhas, essas informações poderão ser utilizadas em outros momentos também.

Outro ponto importante a ser colocado em prática é o atendimento personalizado e eficaz. Com ele, os consumidores terão suas dúvidas e problemas resolvidos com maior facilidade e de modo a manter a boa imagem da marca.

Conteúdo relacionado: