Aprenda a empregar mesas de centro na decoração com estas dicas!

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   
Divulgação

Seja para compor a decoração ou servir de apoio na hora de receber visitas, uma coisa é verdade: uma bela mesa de centro pode se tornar a protagonista do living. Disponível em diversos designs, materiais e estilos, ela une funcionalidade, versatilidade e beleza, criando um décor harmonioso.

"A mesa de centro é capaz de tornar uma sala mais confortável. Além de apoiar copos e objetos, pode expor, na decoração, um pouquinho de quem é o morador da casa”, opina Gisele Leal, proprietária da Sierra Móveis Gabriel. Aqui, a boutique de mobiliários de luxo se uniu com a profissional Daiane Antinofi para trazer um compilado de dicas para facilitar na hora de escolher o modelo ideal.

Segundo Gisele, a escolha de uma boa mesa de centro deve levar em consideração o tamanho do ambiente em que será utilizada. "Livings mais restritos podem por mesas menores ou retangulares, que acompanham o formato do sofá e contam com profundidade menor”, exemplifica. Para garantir que a circulação seja sempre mantida, é indicado deixar 60 cm entre a mesa e o sofá. Amante das mesas de centro, a profissional Daiane Antinolfi complementa: "caso tenha pouco espaço para sofá com chaise, é possível misturar mesa de centro com um pufe, garantindo apoio e ainda espaço para descansar os pés”.

Agora, quando se fala sobre a altura da mesa, é possível ter mais flexibilidade. "O ideal é que mesas de centro não sejam mais altas do que o sofá ou a altura do joelho de quem está sentado. Assim, o acesso aos objetos que estão sobre ela fica facilitado”, diz Gisele.

Para uma composição contemporânea, Daiane indica também a sobreposição de mesas de diferentes alturas e formatos. "Misturar mesas de tamanhos e alturas diferentes ou que se encaixem traz bossa. Nesse caso, elas não precisam ser do mesmo padrão - um mix de materiais diferentes enriquece ainda mais o ambiente”, explica. Ainda é possível combinar mesas com banquinhos, como a profissional fez em seu projeto.

Gisele aponta que os mais tradicionais são os de mesas de centro quadradas ou retangulares. "Mesas de centro redondas conferem mais jovialidade ao projeto”, aponta. Ainda existem modelos com formatos mais orgânicos, ovais ou até hexagonais, perfeitos para quem gosta de uma peça diferenciada.

A escolha do material e acabamento será fundamental para definir o estilo do projeto. Para um décor clássico, trazer uma mesa de centro com tampo de mármore é uma ótima alternativa. Mesas espelhadas ou metalizadas conferem um ar contemporâneo e se destacam no ambiente, ao passo que a madeira passeia do clássico ao rústico.

Para um visual leve, Gisele indica ainda que se aposte nos modelos com tampo de vidro, que trazem transparência. Daiane complementa: "para a escolha de materiais, precisamos avaliar também o fluxo e usabilidade da sala. Em espaços que se pretenda apoiar bandejas com petiscos, por exemplo, a escolha deve ser de um m material de fácil limpeza, como o vidro”.

Por fim, existem modelos de mesa de centro multifuncionais. "Ótimas escolhas para apartamentos pequenos, existem mesas com gavetas e prateleiras, ou que acoplam em si pufes e banquetas”, aponta Gisele. Uma bela maneira de levar funcionalidade e muito estilo ao lar.

Conteúdo relacionado: