Aprenda usar pendentes em diferentes cenários da sua casa

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Os pendentes estão presentes no design de interiores por adicionar um toque estético na iluminação. O uso mais comum dessas peças é nas salas de jantar como protagonistas e regentes do estilo da composição, mas podem aparecer em outros espaços da casa.

Divulgação

A arquiteta Cinthia Garcia explica quais questões devem ser analisadas antes da instalação. "São regras que valem para qualquer espaço, com peças de mais presença ou até com as menores, precisamos avaliar bem as dimensões do local e do pendente, depois disso é importante que o design seja compatível com o estilo do ambiente”, conta a profissional.

Os quartos em geral pedem por iluminações menos intensas e mais quentes para induzir ao relaxamento. "Nos dormitórios os pendentes assumem a função de oferecer uma luz mais confortável. o ideal é optar por acessórios com o designs menores que chamem a atenção sem sobrecarregar o visual do ambiente”, detalha Cinthia.

Divulgação

Nas salas de estar ou outros ambientes com televisores e com um fluxo maior de pessoas, alguns cuidados devem ser reforçados. "Com a televisão, precisamos pensar no ângulo de visão da mesma em todos os pontos do espaço, o modelo de pendente e o local de instalação também precisam ser escolhidos de acordo com as vias de circulação de pessoas para evitar acidentes”, conta a arquiteta.

Divulgação

Para os banheiros, os pendentes enriquecem o visual como um detalhe luminoso nas bancadas e pias dos lavabos. "Esses usos mostram a versatilidade dessa peça que também pode aparecer em cozinhas, varandas e livings, sempre agregando charme à decoração”, encerra Cinthia.

Conteúdo relacionado: