Conforto para o lar: Confira sugestões sobre os melhores tipos de estofados

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

O lar é sinônimo de aconchego e proteção. Para deixar esse espaço ainda melhor, a recomendação é pela escolha de estofados confortáveis, resistentes e ergonômicos. A Paschoal Ambrosio, empresa com sete décadas, que acompanhou a história da decoração brasileira, traz algumas dicas para tornar a casa ainda mais agradável e funcional.

Divulgação

Poltronas

A poltrona é bem-vinda em muitos cômodos. No caso da peça para área de descanso, leitura leve, ou sala de TV, vale escolher um modelo com encosto mais alto e espuma mais mole, para estimular o relaxamento do corpo. Tecidos fortes como couro também são indicados. Para home office, a recomendação é por encosto alto também, mas com o tipo de espuma para o assento, um pouco mais firme, além de apoios de qualidade para coluna e braços.

Cadeiras

Na hora de escolher este móvel, independente do local, algumas características são básicas, como ter um bom apoio para as costas (para garantir estabilidade), além da presença de materiais de qualidade para que sejam duráveis. "Um exemplo é a espuma D28, que contribui para que o assento fique firme por mais tempo”, comenta Luiz Ambrosio, sócio e diretor de experiências da marca. Para home office, se possível, a orientação é eleger modelos giratórios e com rodinhas, facilitando a movimentação. Além dos apoios para coluna e braços (como mencionado no caso das poltronas), em razão do número de horas em que a pessoa ficará sentada. Ter altura ajustável também é uma boa pedida!

Sofás

Se for um móvel destinado ao home theater, local para relaxar ou living passar mais horas, o ideal é apostar em um encosto mais alto, com uma profundidade mínima de 1m, pois seu uso será mais descontraído. Em caso de espaços em que o tempo de permanência não seja tão grande, é possível incluir sofás com uma profundidade menor, além de uma boa altura de assento, que torna mais fácil o ato de se levantar, especialmente os idosos. Também vale usar uma espuma de maior densidade para não afundar.

Conteúdo relacionado: