Home office: como manter sua equipe de trabalho engajada?

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Uma pesquisa realizada pela Randstad, empresa de consultoria em recursos humanos, identificou que 70% dos colaboradores gostariam de trabalhar remotamente. Mesmo assim, apenas 53% deles fazem home office oficialmente, seja em dias esporádicos ou de forma frequente, segundo levantamento realizado pelo Ibope Conecta.

Divulgação

Com o surto de coronavírus, a situação mudou. Empresas que conseguem manter as atividades normalmente de forma remota adotaram essa medida para seguir as recomendações e evitar o contágio. Assim, as corporações que não possuíam essa prática buscam meios de manter o engajamento entre os funcionários, e também há o processo inverso, em que os trabalhadores procuram técnicas para garantir a produtividade. Veja algumas dicas abaixo.

Planejamento

Para as empresas, é importante estabelecer um planejamento acerca de toda a operação e, assim, garantir que os alinhamentos sejam realizados. Entre os colaboradores, é preciso fazer uma lista com as coisas que devem ser feitas no dia, na semana ou no mês vigente.

Assim, com o uso de uma plataforma de gestão de tarefas online, é possível que o controle do que é feito e entregue pelas pessoas seja realizado pelos gestores.

Comunicação

Garantir que todos os colaboradores envolvidos nas operações recebam as mesmas informações é essencial. Além disso, os trabalhadores não devem se sentir sozinhos ou excluídos por não estarem no escritório e, por isso, manter a comunicação em dia deve ser um dos tópicos analisados no planejamento.

Mesmo assim, ela deve permanecer próxima ao que era realizada de forma presencial, sem cobranças adicionais. O gestor pode perguntar sobre o progresso do trabalho, como está a experiência e, também, realizar reuniões audiovisuais com a equipe, para que exista o mínimo de interferência na comunicação. Há serviços como Skype, Slack, Zoom, Google Hangouts ou mesmo o WhatsApp que podem facilitar o processo.

Feedback

Assim como no ambiente de trabalho, os colaboradores precisam receber um feedback de tempos em tempos, para que seja possível alinhar as expectativas de ambos os lados sobre as tarefas realizadas. Deste modo, o gestor deve mostrar quais são os pontos fortes e fracos, além de aconselhar sobre melhorias de comportamento e de técnicas, se necessário. Com isso, o funcionário pode se sentir motivado a melhorar sua produtividade e suas entregas.

Outras coisas que geram mais engajamento dos trabalhadores são: cultura organizacional bem definida e motivadora; investimento em ambientes e desafios estimulantes, assim como em tecnologia necessária para desempenhar as funções; valorizar os esforços e oferecer um caminho voltado ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Consequentemente, esses processos irão melhorar os campos psicológicos, afetivos e emocionais do colaborador com a empresa, fazendo com que ele coopere mais com a mesma.

Conteúdo relacionado: