Veja 7 móveis que vão tornar o seu dia mais prático na cozinha

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   
Divulgação

Tem quem defenda a cozinha como coração da casa. O argumento é plenamente justificado, pois se trata do ambiente onde acontece a alquimia das refeições, com seus deliciosos aromas e o afeto de quem as prepara. E se engana quem pensa que cozinha é composta apenas por armários e eletrodomésticos... Para trazer encanto e melhor a posição vertical do ambiente, aumentar a área de armazenamento ou apenas ‘baratear’ o custo final do projeto, paredes e espaços em cima e embaixo da ilha tem sido utilizado de diferentes maneiras, mas todas com um intuito em comum: tornar a cozinha prática, funcional e organizada para facilitar o dia a dia dos moradores.

Reunimos projetos de cozinhas assinados por especialistas em interiores: os arquitetos Bruno Moraes, do Bruno Moraes Arquitetura, Cristiane Schiavoni, à frente do escritório que leva seu nome, Gigi Gorenstein, Renato Andrade e Erika Mello, do Andrade & Mello Arquitetura e Interiores e Karina Korn, que comanda o Karina Korn Arquitetura, para inspirar o projeto dos sonhos - com muitas posições para armazenamento e, porque não, itens afetivos.

1) Cozinha emotiva

Divulgação

O arquiteto Bruno Moraes assina essa cozinha com essência jovial. No backsplash, ele lançou mão de um dos revestimentos mais queridinhos do momento: o subway tile, que automaticamente nos alude às estações de metrô nova iorquinas e parisienses. A delicadeza fica para a prateleira de madeira: além dos temperinhos essenciais para as receitas realizadas no cooktop instalado na bancada, dois quadrinhos que despertam nosso sorriso.

A figura do "Yellow Submarine” vai direto para o gosto musical, afinal, quem é fã dos The Beatles logo se recorda do coro no refrão (We all live in a yellow submarine / yellow submarine, yellow submarine). O outro, uma mensagem para sempre ser lida e recordada: Do what you love everyday - Faça o que você ama todos os dias.

Na composição final, marcenaria e geladeira preta trazem um toque arrojado junto os demais elementos... uma mescla entre o moderno e o retrô

2) Prateleiras no lugar de armários

Divulgação

Projetado por Érika Mello e Renato Andrade, a cozinha com abertura para a sala destaca uma saída bem bacana para aumentar o espaço de armazenamento. Prateleiras suspensas por apoios de serralheria cumprem essa função de divisória e apoio na cozinha. A mistura de madeira com serralheria é atual e tem tudo para continuar em alta. Na pequena área da rodabanca, o sucesso do revestimento inspirado nos metrôs americanos e europeu.

3) Cozinha com pé-direito duplo

Divulgação

Com pé duplo, a cozinha projetada pela arquiteta Karina Korn sobressai a prateleira de madeira de forma inusitada: logo acima dos armários aéreos. Com efeitos decorativos - pois registra uma altura sem fácil acesso, a superfície serviu para dispor plantas e quadros para decorar o ambiente. Completando a parede e seguindo a paleta dos tons, a profissional escolheu o brick como revestimento. Outro ponto interessante é o nicho em cima da pia, ótima ideia para acomodar itens decorativos ou peças mais utilizadas no dia a dia.

4) Ilha decorada

Divulgação

De um lado, a ilha central projetada por Cristiane Schiavoni, conta com a cuba e o cooktop para preparar os pratos. E como o ambiente é conectado ao restante da ala social, na outra face a marcenaria incluiu nichos que, por sua vez, receberam objetos. Quem olha de frente, também aprecia outro destaque: o revestimento estampado no piso, que delimita a área da ilha.

5) Clima descontraído na cozinha

Divulgação

Mais uma vez, os armários aéreos cederam espaço para as prateleiras com suporte embutido. A responsável por essa cozinha alegre foi a arquiteta Gigi Gorenstein. A distribuição na parte superior ficou bem harmoniosa: próximo à lava louça e a pia, o morador tem acesso aos eletros. Na sequência, potes de vidro para melhor identificação dos mantimentos e uma decoração descontraída, com quadros apoiados. Com mais leveza, a ideia foi posicionar os itens à vista e não encobrir o revestimento em formato hexagonal que evoca a paleta de tons azuis.

6) Paredes que recebem

Divulgação

Nada de gabinete ou armários: esta cozinha toda aberta trouxe em suas prateleiras espaço para organizar as louças. Para quem gosta de um tempero sempre fresquinho, tem até uma mini hortinha.

7) Cozinhar com tudo à mão

Divulgação

Mais um exemplo de projeto assinado pela arquiteta Cristiane Schiavoni, que elegeu a marcenaria como solução para deixar os acessórios usados no dia a dia sempre a mão. A arquiteta investiu em um nicho aberto para colocar os temperos e especiarias próximas ao fogão, facilitando a hora de cozinhar. A cafeteira também fica na bancada feita de granito, facilitando o cafezinho dos moradores.

Conteúdo relacionado: