Pé-direito alto garante ambientes amplos e ventilados

Além de valorizar o imóvel, grandes medidas entre o piso e o teto tornam os ambientes iluminados e muito mais bonitos

por Redação Bonde

A ideia de ultrapassar medidas e levá-las às alturas, se consolidou como um dos recursos espaciais mais bem quistos na composição arquitetônica. Não é à toa que o uso do pé-direito alto ou duplo é cada vez mais explorado por arquitetos e decoradores.

Divulgação

No projeto de Luciana Régnier e Luciano Bachete, o pé-direito duplo, que abriga o mezanino, valoriza a iluminação da sala, privilegia a ventilação e evidencia a amplitude do espaço.

O pé-direito, termo que define a altura entre o piso e o teto, tem medida padrão de 2,5 a 2,8 metros de altura. Entre 3 e 4,5 metros de altura, ele é considerado alto. A partir de 5m, leva o nome de duplo, e quando a medida chega à marca de 8,4m, ele é considerado triplo.

O emprego do pé-direito fora do padrão (duplo ou triplo) se encaixa em edificações que tenham boas proporções dos espaços, pois em áreas muito pequenas, este recurso pode tornar o ambiente incoerente com a escala das pessoas e dos objetos'', explicam os arquitetos Ricardo Makhoul e Alessandro Cavalcanti.

Para a dupla, a proposta do pé-direito alto tem como principais características o trabalho estético e a preocupação com a funcionalidade. ''É possível criar ambientes mais arejados e possibilitar o uso de maiores panos de vidro ou aberturas, que iluminam mais os espaços sem incidir diretamente sobre os usuários'', diz Ricardo.

Divulgação

Na loja, a variação de teto possibilitou a instalação de lustres e pendentes, que garantiram o clima de conforto e sofisticação. Projeto de Alessandro e Ricardo.

Quanto ao apelo estético, vale ressaltar que onde há disposição de um ou mais pavimentos, é possível explorar os vãos com a colocação de telas, objetos de arte, além de materiais como pedras, palha, tijolos e papel de parede. ''Tais materiais proporcionam aconchego e sofisticação aos ambientes e imprimem uma identidade e personalidade ao projeto'', afirmam Luciana Régnier e Luciano Bachete.

Em relação ao uso, o pé-direito alto pode ser empregado tanto em casas quanto em apartamentos e áreas comerciais. ''Porém, percebo que essa tendência vem acontecendo muito em apartamentos, onde o uso de mezaninos é cada vez mais explorado esteticamente, pois garante charme e beleza'', diz Luciana.

Divulgação

Porém, algumas considerações são indispensáveis, como a importância da proporção entre o tamanho do ambiente com a altura do pé-direito, a precaução de instalar áreas de proteção (parapeito) para evitar acidentes e a possibilidade de mesclar luminárias instaladas no forro com as de altura mediana ou mais baixas, a fim de auxiliar na manutenção.

Divulgação